domingo, 15 de agosto de 2010

Felicidade


Por João Paulo Leal Meireles


À Rita. Indefinível e surpreendente Rita.

Um dia me disseram que felicidade é sentir-se bem com aquilo que você tem; que você precisa ter consciência do que está ao seu alcance e buscar ser feliz sem esperar atingir este ou aquele objetivo.

Sabe que é verdade? Enquanto busquei algo que não estava ao meu alcance, enquanto quis me moldar para agradar a alguém, eu nunca experimentei a verdadeira felicidade.

A partir do dia em que eu comecei a me sentir bem com aquilo que sou e que tenho, fui invadido por uma sensação de bem-estar, uma alegria nas pequenas coisas da vida. Eu acreditava que o espelho é que deveria gostar de mim, mas eu estava errado. Eu é que deveria gostar do espelho.

Isso não quer dizer, é claro, que você deva viver a “síndrome de Gabriela”: eu nasci assim, eu cresci assim e sou mesmo assim, vou ser sempre assim. Claro que não. Você é a única pessoa capaz de impor limites a si mesmo.

Acredite em seu potencial. Melhore seus pensamentos. Isso irá refletir nos seus sentimentos, que irá refletir nos seus relacionamentos, que irá refletir na maneira como os outros te vêem... e por aí vai.

Mas nunca perca de vista a sua essência. Nunca espere ter ou ser algo para ser feliz. O presente não será uma dádiva se você sempre esperar por algo no futuro para sentir-se bem.

Aliás, não pense muito no futuro. Ele é só uma expectativa. Olhe em volta, veja as inúmeras possibilidades de felicidade que estão ao seu alcance e abrace-as. Aprenda com os erros passados e aproveite disso para tornar-se uma pessoa melhor.

Enfim, lute por aquilo que você deseja, mas não espere que essa meta seja alcançada para só então ser feliz. Comece por ser feliz agora!

A felicidade é algo que só existe no presente e para alcançá-la basta que você saiba como encarar a vida. Você pode esperar a vida toda pela conquista de algo ou pode começar a ser feliz agora mesmo com aquilo que você tem. Só depende de você.

4 comentários:

Painel X - New Writers disse...

Caro João,
Fenomenal, para não falar fenomenologicamente existencial, rsrs. Veja, adorei sua postagem, nome mais apropriado não tinha: FELICIDADE. A nossa vida é muito curta e passageira pra nos fixarmos em pontos "errados". A autenticidade é o melhor caminho. Kierkegaard disse que tudo no mundo é, mas só o ser humano existe. E para ele existir é liberdade, pois só o homem pode fazer escolhas e oxalá que todos pudessem descobrir seu potencial "oculto" ou pra quê veio a este mundo e não viver enganado nem engando a ninguém. Seu texto mais uma vez foi profundo e quero te dizer uma novidade, vc tem seguidores aqui em Curitiba-PR. Algumas pessoas por aqui esperam vc postar alguma coisa para lerem e me disseram que colocam seus textos, devidademente identidicados, no perfil do Facebook. Fiquei contente, o Painel X tem uma boa fama aqui, e pelo jeito em Minas também. Vamos continuar nosso trajeto literário transformando vidas em letras...
O Editor.

Ricardo disse...

Parabéns pelo texo Amigo, como todos que voce escreveu está otimo, ressaltando que o maior objetivo da vida é a felicidade e muitas pessoas põe diversas dificuldades em se sentir bem, muitas morrem sem poder dizer que foram felizes, porque acham que felicidade é ser lindo,milhonário, ou seja, ter uma vida perfeita, impossivel.

Ass: Ricardo Almeida

Rita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rita disse...

Oi João
Adoro este texto, lindo demais.É isto aí devemos viver c intensidade cada etapa de nossas vidas, pois ela é bela demais p ficarmos lamentando. Procurar ser feliz na simplicidade e ver o lado bom de tudo que nos acontece e crer que Deus cuida de cada um de nós com amor imenso.
Abraço
Em Cristo

Related Posts with Thumbnails